Dúvidas Frequentes

É um equipamento utilizado para o Aquecimento da água pelo calor do sol e seu armazenamento para uso posterior. É composto por coletores solares (placas), onde ocorre o Aquecimento da água através dos raios solares e um reservatório térmico (boiler), onde é armazenada a Água Quente para ser utilizada posteriormente, tendo em vista que a maior utilização é no período noturno, quando não temos mais sol.

O Aquecimento Solar utiliza uma fonte de energia gratuita, limpa e inesgotável, o Sol. A utilização do Aquecimento Solar é ecologicamente correta, pois não polui. Suas grandes vantagens são que proporcionam elevada economia de energia na conta de luz, não apresentam riscos aos usuários, além de possibilitar a utilização da Água Quente de forma mais prazerosa.

Onde houver necessidade de Água Quente é possível a sua utilização. Como exemplo pode-se citar:

- Residências;

- Edifícios;

- Hotéis;

- Motéis;

- Indústrias;

- Piscinas;

- Hospitais;

- Vestiários;

- Etc.

É possível utilizar a Energia Solar para gerar energia elétrica, mas é uma tecnologia diferente. O sistema de Aquecimento de água da SOLETROL serve para o Aquecimento direto de água e não é capaz de gerar energia elétrica. A única coincidência é que ambas utilizam o Sol como fonte de energia, sendo as tecnologias totalmente diferentes. A Soletrol é especializada no desenvolvimento e fabricação de Aquecedores Solares de água.

A temperatura obtida na água com o uso de um Aquecedor Solar dependerá de fatores diversos como: região, tecnologia empregada, tipo de aplicação, época do ano, condições climatológicas e características outras relacionadas às condições de instalação. Como exemplo, uma instalação residencial no estado de São Paulo em um dia pleno de Sol atingirá a temperatura de cerca de 50°C no inverno e 70°C no verão. Em todos os casos, a temperatura produzida normalmente estará acima da temperatura necessária para uso, sendo portanto necessária sua mistura com a água fria.

Sim, desde que haja espaço disponível no telhado para a instalação desejada. A instalação de mais coletores, além do padrão indicado, possibilitará uma maior velocidade de Aquecimento e, consequentemente, poderá elevar a temperatura da água. A vantagem maior será sentida em dias em que a incidência solar esteja limitada por formações de nuvens intensas e até mesmo naqueles dias de baixas temperaturas e vento.

Em algumas instalações que a direção do telhado em relação ao norte e sua respectiva inclinação não sejam favoráveis, recomenda-se a ampliação da área de coletores solares para compensar as possíveis perdas.

Com a economia de energia proporcionada pelo Aquecimento Solar, tem-se o retorno do dinheiro investido no equipamento entre 24 e 36 meses, considerando-se um consumo mensal de cerca de 220 kWh/mês (que é a média da região sudeste por residência). Deve se levar em conta que a vida útil estimada dos Aquecedores Solares é de 20 anos. Neste cálculo não está considerada a redução do valor de aquisição de outro equipamento para Aquecimento da água através de outro tipo de energia, como Aquecedores elétricos ou à gás, ou ainda chuveiros. Se considerarmos esta redução, o tempo de retorno pode reduzir e variar de 0 (zero) a 12 meses.

A possibilidade existe exclusivamente se seu apartamento for de cobertura. O ideal é planejar-se a implantação do Aquecimento Solar de água no edifício quando de sua construção, quando será possível atender-se a todos os apartamentos.

Para a rede hidráulica de Água Quente os tubos mais utilizados e indicados são os tubos de cobre, que já comprovaram sua durabilidade ao longo da história.

Quando a insolação não for suficiente para o Aquecimento da água, o Aquecimento é complementado por um sistema auxiliar elétrico, uma vez que a água já estará pré-aquecida. Esse sistema normalmente fica desligado, devendo ser acionado somente quando realmente necessário.

Dependerá da temperatura que a água possa estar e da capacidade de armazenamento de água do reservatório térmico, podendo variar de cerca de 1 a 3 horas, normalmente.

O reservatório térmico tem a capacidade de conservar a água aquecida, mas com o passar das horas, verificar-se-á uma certa redução na temperatura, haja vista ser impossível conter as perdas de temperatura em 100%. Independente disto, na maioria das vezes, as perdas não chegam a prejudicar o funcionamento do sistema pois ele aquece a água a temperaturas bem mais elevadas, justamente para compensar as possíveis perdas. Quando necessário, a temperatura poderá ser complementada através do sistema auxiliar elétrico.

O sistema auxiliar possui uma resistência elétrica de potência reduzida, que tem potência que varia de 1,5 kW a 3,5 kW, o que dá para concluir-se que o consumo será de no máximo 3,5 kWh a cada hora em que estiver acionado.

O sistema auxiliar elétrico deve estar sempre desligado e ser acionado somente quando houver necessidade. Embora o sistema seja automático, não aconselha-se que o mesmo seja mantido ligado, justamente para evitar que seu acionamento ocorra em momentos desnecessários.

Sim, ao invés de usar o sistema elétrico auxiliar que faz parte do Aquecedor Solar, pode se utilizar um aquecedor a gás de passagem para realizar a complementação do Aquecimento da água nos dias em que o Sol não aqueça plenamente.

Sim, porém vale lembrar que é importante utilizá-lo na posição "verão" para evitar comprometer o consumo de energia do país nos horários de pico de consumo. Neste caso, o mais indicado seria a utilização de chuveiros inteligentes com controles digitais de temperatura, os quais utilizam apenas a quantidade de energia necessária para complementar o Aquecimento da água, evitando assim desperdícios.

Não, a pressão do banho é a pressão da caixa d'água existente. O que se consegue é aumentar a vazão de água, eliminando a necessidade de se abrir pouco o registro do chuveiro para o Aquecimento da água, pois a água estará aquecida por completo. Para aumentar a pressão será necessária uma elevação significativa da altura das caixas d'água da residência ou a instalação de um pressurizador. Em ambos os casos, o reservatório térmico deverá ser adquirido do tipo "alta pressão", para poder suportar tal condição.

Deve-se mantê-los limpos para não prejudicar a eficiência do equipamento. O procedimento para isto se restringe a apenas lavá-los com água e sabão neutro quando estiverem sujos, sempre no começo da manhã para evitar choque térmico e, consequentemente, quebra do vidro. Este procedimento é indicado para ser feito pelo menos duas vezes ao ano, nos meses de abril e de julho, época em que a radiação solar é menor.

Devido à baixa temperatura, pode ocorrer congelamento da água que está no interior do coletor. Isso ocasionará uma expansão da água e danificará os tubos dos coletores. É o mesmo que acontece quando se esquece uma garrafa dentro do freezer. Para evitar que isso aconteça, a SOLETROL desenvolveu uma válvula que minimiza a possibilidade de congelamento: é a válvula anticongelamento. É uma válvula elétrica que, com a queda de temperatura, ela se abre, eliminando a água gelada contida no interior dos coletores, visando evitar o congelamento.

A geada é um fenômeno da natureza, portanto não é passível de cobertura por garantia. A válvula anticongelamento reduz significativamente essa possibilidade.

Não, pois o boiler para sistemas pressurizados é diferente, possui maior resistência à pressão. Já os coletores podem ser aproveitados, pois resistem a alta pressão.

Não, pois o sistema de Aquecimento de piscina não possui reservatório térmico (boiler) e o de banho possui. Deve-se instalar sistemas independentes.

Depende da utilização que se tenha no dia em que a água foi aquecida. Desde que tenha havido sobra, a mesma será conservada aquecida, mas poderá ter um pequeno percentual de perda que variará muito em função da temperatura ambiente.

Ainda tem alguma dúvida?

Caso esteja necessitando de atendimento técnico sobre o seu produto Soletrol, entre em contato através de um dos canais abaixo:

Telefone

14 3812-2032

Formulário SACS

Soletrol Indústria e Comércio LTDA - Indústria 100% Brasileira

Conecte-se com a Soletrol